Aves de Rapina

Águia do mar steller: características, habitat, canto, reprodução e alimentação

habitat da aguia do mar steller (2)

A águia do mar steller (Haliaeetus pelagicus) é uma grande ave de rapina da família Accipitridae também conhecida como águia marinha do Pacífico ou águia de ombros brancos.

aguia do mar steller
aguia do mar steller

Além disso, esta é a maior e mais pesada de todas as Águias do mar, apesar de seu tamanho grande e aparência atraente, seus hábitos não são bem conhecidos.

Apesar de suas proporções impressionantes, a águia do mar steller ainda é vulnerável a mudanças em seu habitat e suprimentos de alimentos.

Esta espécie de águia precisa de um território enorme, por isso a população de águia do mar steller não é grande e particularmente sensível à perda de habitat devido à mudança climática.

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre esse maravilhosa ave e origem.

Características da águia do mar steller

caracteristicas da aguia do mar steller
caracteristicas da aguia do mar steller

A águia do mar steller é uma ave de grande porte muitas vezes fácil de ser identificada.

Ela possui a coloração castanho-escuro tem um grande e forte bico amarelo.

As suas penas dos ombros, cauda e pernas são de cor branca.

Além disso, acredita-se que sejam relíquias glaciais que evoluíram na estreita costa nordeste da Ásia e simplesmente permaneceram lá através de múltiplos ciclos da Era do Gelo, nunca ocorrendo em nenhum outro lugar.

Reprodução da águia do mar steller

reproducao da aguia do mar steller
reproducao da aguia do mar steller

Os ninhos da águia do mar steller são construídos no alto de árvores abertas perto de rios ou em penhascos rochosos, até 100 30 metros acima do solo.

Além disso, os ninhos maciços que eles constroem às vezes contêm 400 ou mais ramos grandes.

Raramente ele são construídos longe da costa, o que coloca as águias nas proximidades dos peixes que compõem a maior parte de sua dieta.

Esses locais abertos dão às aves acesso fácil aos seus ninhos.

Normalmente, um par retorna ao mesmo ninho a cada ano e reforça-o para se preparar para próximas estações, mas os pares às vezes constroem e supervisionam mais de um ninho e escolhem qual deles usar em cada primavera.

Seus ninhos podem ter de 1,8 a 2,4 metros de largura e pesar centenas de quilos.

Não é incomum que um ninho cresça tão pesado que os galhos se quebrem e o ninho caia no chão.

As águias do mar produzem um barulho bastante estridente. Durante a época de reprodução, eles fazem chamadas que soam como gaivotas muito altas.

O acasalamento ocorre durante o final do inverno, e a fêmea começa a colocar ovos brancos esverdeados no meio da primavera.

Os filhotes são altricial, com penas cinza-esbranquiçadas que gradualmente mudam para marrom.

Habitat

habitat da aguia do mar steller (2)
habitat da aguia do mar steller (2)

Um dos raptores mais raros do mundo, sabe-se muito pouco sobre as Águias do Mar, devido à natureza remota de seu habitat primário, os costões rochosos e os rios do nordeste da Sibéria na Rússia.

Estas aves de rapina passam a maior parte da estação quente nestas regiões, e algumas ficam por lá durante todo o ano.

Como seus outros parentes próximos, as Águias do Mar usam a visão binocular para identificar com precisão a localização de suas presas.

Ambos os olhos estão posicionados na frente da cabeça do pássaro e se concentram na mesma coisa, proporcionando percepção de profundidade. Este raptor diurno, comedor de peixe, come principalmente salmão e truta.

Alimentação

aguia do mar steller alimentacao
aguia do mar steller alimentacao

A águia do mar steller pode ser flexível em seus hábitos alimentares e é uma consumidora de todas as proteínas mortas ou vivas, incluindo papagaios do mar, peixes, caranguejos e até carcaças de cervos.

Esta é uma estratégia de sobrevivência sensata em um ambiente extremo.

Como as águias e os ursos marrons, as Águias do Mar aproveitam ao máximo a corrida anual de salmão para se empanturrar com o peixe que desova e morre.

Sabe-se também que esta ave é capaz de caçar durante o vôo e levar pequenos mamíferos, peixes e aves marinhas, descendo e pegando-os com suas garras.

Canto da águia do mar steller

https://www.passaro.org/wp-content/uploads/2018/10/Canto-da-Águia-do-Mar.mp3?_=1

Interação de seres humanos com a águia do mar steller

As águias do mar são uma espécie vulnerável e receberam proteção legal completa na Rússia, o único lugar que cria, e no Japão, onde sobreviveu.

Apesar dessas proteções, o comportamento humano continua prejudicando a população de águia do mar steller remanescente.

aguia do mar steller curiosidades
aguia do mar steller curiosidades

Na Rússia, a águia do mar steller está perdendo seu habitat por causa do desenvolvimento de projetos de energia hidrelétrica e extração de madeira nas áreas florestais onde elas se aninham.

Os rios e mares onde as Águias do Mar vivem estão sendo contaminados por produtos químicos das indústrias locais.

No Japão, as águias do mar comem peixe e carniça, a pesca excessiva por humanos em águas japonesas levou os pássaros a procurar restos de veados deixados por caçadores.

Comer carniça cheia de chumbo de caçadores teve efeitos devastadores sobre a população de águia do mar steller, levando à proibição de munição de chumbo na ilha japonesa de Hokkaido.

Fatos interessantes da águia do mar

  • A partir de 2009, a população mundial foi estimada em 5.000 águia do mar, mas está diminuindo lentamente.
  • Muito pouco se sabe sobre essas águias, especialmente em seus primeiros anos.
  • Embora legalmente protegidas na Rússia, Japão, China e Coréia do Sul, outras ameaças às águias marinhas incluem os desenvolvimentos de energia de combustíveis fósseis, parques eólicos, poluição, perda de habitat, caça e, possivelmente, o aquecimento global.
  • Estas águias do Velho Mundo são encontradas em partes tropicais da Ásia e da África.
  • Hoje, o zoológico é um dos poucos lugares na América do Norte onde você pode ver essas águias impressionantes.
  • As Águias do Mar também têm dias de jejum, onde nenhum alimento é oferecido para que seu corpo possa ter tempo para digerir a refeição anterior.
Sair da versão mobile