Pássaros Silvestres

Ferro Velho: Características, Reprodução e Hábitos!

Ferro Velho: Características, Reprodução e Hábitos!

Ferro Velho e Suas Características, Reprodução e Hábitos. Além disso, O Ferro Velho é uma ave passeriforme da família Fringillidae. É conhecido também como alcaide, gaita, gaturamo-rei (Minas Gerais), serrador, tieté, chincharra e chincharrinho.

Ferro Velho
Ferro Velho

Características:

Mede 11,5 centímetros de comprimento e pesa cerca de 16,5 gramas (macho). O macho tem as partes superiores, garganta e peito azul-metálicos, contrastando com a barriga castanha, e a fêmea é olivácea nas partes superiores e cinzenta nas inferiores, com o crisso ferrugíneo e com o boné (píleo) azul, que nos imaturos é verde.

Reprodução:

Os gaturamos exigem o máximo de proteção para reproduzirem. Seus ninhos esféricos, com entrada lateral, são feitos em lugares abrigados, como no meio de um penacho de coqueiro ou entre as folhas do gravatá.

Atinge a maturidade sexual aos 12 meses. Cada ninhada geralmente tem entre 2 e 5 ovos, tendo de 2 a 3 ninhadas por temporada. Os filhotes nascem após 15 dias.

Canto:

O canto é um gorjear um tanto rouco e sua voz é um forte e metálico “schri-schri-schri”.

Hábitos:

É comum no interior e bordas de florestas, à altura da copa. Vive solitário ou em pequenos grupos, associando-se com frequência a bandos mistos de aves.

passaro Ferro Velho
pássaro Ferro Velho

Distribuição:

O Ferro Velho é avistado em Alagoas, Bahia, e de Minas Gerais, em direção a Oeste, até o Mato Grosso. E, em direção ao Sul, até o Rio Grande do Sul. Também há registros desse pássaro no Paraguai e Argentina.

Habitat:

O Ferro Velho Vive na copa de árvores em mata alta. É comum no interior e bordas de florestas, à altura da copa. Vive solitário ou em pequenos grupos, associando-se com freqüência a bandos mistos de aves.

Dimorfismo Sexual:

Ferro Velho macho tem as partes superiores, garganta e peito azul-metálicos, contrastando com a barriga castanha e a fêmea é olivácea nas partes superiores e cinzenta nas inferiores, e com o boné (píleo) azul, que nos imaturos é verde. Se pretende ler mais artigos parecido com esse, recomendamos que veja: Sabia laranjeira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar