Pássaros Silvestres

Pintassilgo: Características, Cantos, Como Criar e Alimentar!

Pintassilgo: Características, Cantos, Como Criar e Alimentar!

Pintassilgo e suas Características, Cantos, Como Criar e Alimentar. De nome científico: Carduelis carduelis, o Pintassilgo é uma ave de pequeno porte, com tamanho aproximado de 13 cm, com cerca de 20 g de peso, normalmente encontradas em bandos de até 40 indivíduos, fora da estação reprodutora. Na época do acasalamento, o Pintassilgo separa-se por pares voltando a se unir após a eclosão dos filhotes.

O Pintassilgo constrói seu ninho em terrenos abertos e bordos de bosques, em parques e jardins, entre Abril e Maio, pondo 4 a 6 ovos azuis com manchas pretas, que eclodem ao fim de 11 a 14 dias. Alimenta-se basicamente de grãos silvestres. O adulto possui a face vermelha e o resto da cabeça preta e branca. Hoje no blog Passaro.org vamos detalha tudo sobre a Pintassilgo, tais como suas Características, Cantos, Como Criar e Alimentar!

pintassilgo
pintassilgo

As asas são pretas com uma barra amarelo vivo, mais visível durante o voo. Uropígio branco. Bico cor de marfim, mais escuro na ponta, grande e pontiagudo. Cauda furcada. É praticamente impossível distinguir os sexos. Os filhotes apresentam aparência das asas idênticas aos adultos, mas o restante corpo castanho-cinza claro com manchas mais escuras.

Características Físicas do Pintassilgo:

Pintassilgo adulto mede cerca de 11 cm a 13 cm de comprimento, dependendo da sub-espécie, o macho tem as partes inferiores, o baixo dorso e a nuca amarelas; alto dorso amarelo esverdeado; cabeça, asas e caudas negras. Asas e Caudas com marcações amarelas típicas de cada sub-espécie. Bico e pernas são negro-acinzentados. A fêmea de Pintassilgo é semelhante ao macho, só que com as cores menos acentuadas.

Alimentação do Pintassilgo:

A alimentação do Pintassilgo adulto na natureza é constituída basicamente de todo tipo de semente de capim, de picão, assa-peixe, dente-de-leão, capim colonião, serralha, flores do eucalipto e insetos.

Em cativeiro, pode ser fornecido sementes de alpiste, painço, aveia e nabão, além de frutas como a maçã (retire as sementes) e goiaba e de legumes e verduras como jiló, pepino, pimentão, couve, mostarda e Agrião. A alimentação de uma criação de Pintassilgo é basicamente a mesma que é fornecida para os Canários Belga.

Canto do Pintassilgo:

O Pintassilgo tem um canto melodioso, levando a que seja ainda capturado para gaiola, mesmo sendo uma espécie protegida e cuja captura é proibida.

Caso você queira fazer o download do canto, basta clicar AQUI. Espero que tenha gostado do canto!

Reprodução do Pintassilgo:

O Pintassilgo formar ninho tanto nas copas das araucárias mais altas como em cafeeiros. A fêmea constrói o ninho em forma de pequena tigela, com raízes finas, sem revestimento ou forrado de penas e crinas, na forquilha de árvores ou de arbustos, a pouca altura do solo (3 a 4 metros).

Os ovos são brancos, com pouco azul-celeste, às vezes com algumas pintas pardas e medem cerca de 16 por 12 milímetros. A incubação também é tarefa da fêmea, podendo o macho alimentá-la durante este período. Cada ninhada geralmente tem entre 3 e 5 ovos, tendo de 2 a 4 ninhadas por temporada. Os filhotes nascem após 13 dias e atingem a maturidade sexual aos 10 meses.

Hábitos de Higiene:

Entre as dicas para cuidar de seu Pintassilgo, destacam-se as relacionadas com a higiene. Trata-se de reduzir os riscos de que ele contraia doenças e infecções prejudiciais para sua saúde. Alguns passos a seguir são:

  • Retirar os excrementos da gaiola diariamente.
  • Trocar a água ou colocar um dispositivo que conserve sua qualidade por mais tempo.
  • Soprar o recipiente de comida diariamente para eliminar os restos das sementes vazias.
  • Evitar que a comida do pássaro caia no chão da gaiola para impedir que esteja em contato com excrementos.
  • Limpar a gaiola e seus poleiros uma vez por semana de maneira profunda.

Como medida de higiene especificamente do Pintassilgo, é necessário desparasitá-lo o número de vezes ao ano que o veterinário recomendar. Também é importante escolher o tipo de desparasitação correta para sua idade, tamanho e condição física. Nas lojas de animais existem opções em pó, spray e unguento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar