Início » Aves » Tiê-sangue: espécies, características, reprodução, alimentação e hábitat

Tiê-sangue: espécies, características, reprodução, alimentação e hábitat

tie-sangue

Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius)  é uma ave da família Thraupidae, conhecido como tingê, sangue-de-boi, tiê-fogo, chau-baêta, japiranga e tapiranga.

tie-sangue
tie-sangue

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhoso pássaro e origem.

Esta espécie é reconhecida pela beleza de sua plumagem vermelha, é um símbolo da Mata Atlântica e uma das aves mais espetaculares do mundo.

Subespécies

Tiê-sangue possui duas subespécies reconhecidas:

– Ramphocelus bresilius bresilius: ocorre na Mata Atlântica, da Paraíba ao sul da Bahia, esta subespécie apresenta o dorso vermelho brilhante, sem estrias negras.
– Ramphocelus bresilius dorsalis: ocorre na Mata Atlântica, do Rio de Janeiro até Santa Catarina, esta subespécie apresenta a coloração do dorso com um vermelho mais escuro e estriado do que a subespécie nominal.

Características do tiê-sangue

características do tie-sangue
características do tie-sangue

O Tiê-sangue é uma ave que mede entre 18 e 19 centímetros de comprimento e pesa entre 27,9 e 35,5 gramas.

Com relação a plumagem do macho é de um vermelho-vivo, que deu origem ao nome e a parte das asas e da cauda são pretas.

A espécie apresenta dimorfismo sexual, sendo a plumagem feminina menos conspícua, sendo marrom nas partes superiores e marrom avermelhada nas inferiores.

O macho imaturo se assemelha à fêmea em plumagem, mas o bico é todo preto em vez de marrom.

Uma característica importante do gênero Ramphocelus, que ocorre exclusivamente em machos, é o calo branco brilhante na base da mandíbula inferior.

Reprodução do tiê-sangue 

Esta espécie produz na primavera e no verão, e torna-se sexualmente maduro aos 12 meses, mas a magnífica plumagem vermelha e preta dos machos não é adquirida até o segundo ano de vida.

Ele constrói o ninho na forma de uma cesta, muitas vezes forrada com materiais como fibra de palmeira, fibra de sisal, fibra de coco e raízes.

A fêmea põe 2 ou 3 ovos verde-azulados brilhantes com manchas pretas e um peso médio de 3 gramas.

Apenas a fêmea incuba, mas depois que os filhotes nascem, vários indivíduos alimentam a prole, inclusive os machos.

Seus ninhos são geralmente parasitados por espécies portadoras de esterco, a postura ocorre duas a três vezes por estação, com período de incubação de 13 dias, e os filhotes tornam-se independentes cerca de 35 dias após o nascimento.

Durante o acasalamento, os machos costumam erguer a cabeça na vertical, mostrando a maioria das brilhantes. Base das mandíbulas para atrair a fêmea.

Alimentação

alimentacao do tie-sangue
alimentacao do tie-sangue

O Tiê-sangue é uma ave frugívoro e se alimenta de frutas.

Hábitos

Esta espécie possui o comportamento semelhante ao da pipira-vermelha , porém vive mais aos pares do que em pequenos grupos e costuma frequentar comedouros.

Além disso, seu habitat é em capoeiras baixas, bordas de florestas, restingas e plantações, às vezes também em parques e praças de cidades.

Canto do tiê-sangue

Esta espécie não pertence àquelas com o canto mais bonito, a vocalização de chamada (ou aviso) é muito dura.

A música é um trinado melodioso de três sílabas, geralmente repetido sem pressa e ás vezes, algumas pessoas vocalizam juntas.

Fotos do tiê-sangue

tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue
tie-sangue

Distribuição geográfica

O tiê-sangue é encontrado no Brasil e no Panamá, do Rio Grande do Norte a Santa Catarina.

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.