Aves

Uirapuru laranja: espécies, características, reprodução, alimentação e canto

O uirapuru laranja (Cyphorhinus aradus) é um pássaro da família Troglodytidae conhecido como dançador-laranja, guaramiranga, tangará-de-cabeça-amarela e uirapuru-de-cauda-curta.

Uirapuru Características
uirapuru

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave e origem.

Além disso, esta é uma ave tipicamente amazônica, muito popular pelo seu canto único e emblemático que deu origem a diversas lendas sobre sua origem.

Seu nome popular vem do termo tupi guarani wirapu ´ru ou guirapuru, usado pelos nativos americanos para se referir a vários.

O uirapuru laranja não é uma ave de grande beleza visual, apresentando uma plumagem simples entre o pardo e o avermelhado.

Subespécies

Além disso, possui cinco subespécies de uirapuru reconhecidas:

– Pipra fasciicauda scarlatina:  esta espécie é encontrada no Brasil desde o estado do Pará (na área ao sul de Belém) até os estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, oeste do estado de Minas Gerais e noroeste do estado de São Paulo, aparentemente existe uma população isolada no nordeste do Brasil, no estado do Ceará.

– Pipra fasciicauda calamae: esta espécie é encontrada na região central e oeste do Brasil próximo no Rio Madeira e no extremo noroeste do estado de Mato Grosso.

– Pipra fasciicauda purusiana: esta espécie é encontrada ocorre na porção tropical do leste do Peru até o sul da região de Cusco e na região adjacente no oeste da Amazônia brasileira, no estado do Acre e na região do alto rio Purus no Amazonas.

– Pipra fasciicauda fasciicauda: encontrada na porção tropical do sudeste do Peru, na região de Puno e no nordeste da Bolívia.

– Pipra fasciicauda saturata: encontrada no  leste das encostas da Cordilheira dos Andes, no centro do Peru, na região de San Martín e no sul de Loreto.

Características do uirapuru laranja 

caracteristicas do uirapuru laranja
caracteristicas do uirapuru laranja

O uirapuru laranja é uma ave que mede cerca de 12,5 centímetros de comprimento e pesa entre 18 e 24 gramas.

A subespécie nominal apresenta a face, testa e parte frontal da coroa de coloração castanha, tornando-se marrom-acastanhado na porção traseira da coroa até a nuca de coloração escura.

Apresenta uma estreita estria pós-ocular de coloração esbranquiçada.

A garganta e a região superior do peito são castanhas e as laterais do pescoço cobertos com estriado longitudinal branco.

O ventre e os flancos são cinza pálido baixo ventre e crisso de coloração acastanhada.

O dorso e o uropígio são marrons. Asas e cauda são de coloração marrom-acastanhada da mesma cor do uropígio e também apresentam estreito barrado preto.

A cauda é curta e inclinada. As íris são marrons e a pele nua ao redor dos olhos é azulada.

A mandíbula superior olivácea escura e a mandíbula inferior é clara com a base esbranquiçada, tarsos e pés cinzentos.

Reprodução do uirapuru laranja

O período de acasalamento vai de setembro a outubro e este período dura em torno de apenas 15 ou 20 dias no ano.

Contudo, os ninhos são feitos com folhas secas e gravetinhos, ficando bem camuflado em meio a natureza.

Eles constroem o ninho com uma entrada que impede a chuva.

Já a fêmea de uirapuru põe de 2 a 4 ovos brancos por temporada, e o período até a eclosão é de 15 dias.

Além disso os pais se revezam na alimentação dos filhotes, que depois de saírem do ninho, permanecem no bando até que se tornem adultos.

Alimentação do uirapuru laranja

alimentacao do uirapuru laranja
alimentacao do uirapuru laranja

uirapuru laranja se alimenta de frutas e insetos. No entanto, após um período de seca e assim que começa a chover, as formigas Taoca saem de seus ninhos e atacam todas as pequenas criaturas que encontram.

Isso cria um movimento desesperado de várias criaturas na floresta, chamando a atenção de várias aves atrai, inclusive o Uirapuru.

Hábitos

Está distribuído localmente nas camadas inferiores das florestas húmidas, especialmente no continente, mas também nas matas ciliares.

Vive em pares ou em pequenos grupos, o uirapuru laranja é muito famoso por seu canto melodioso e agradável, considerado um dos mais belos da floresta.

A espécie costuma cantar apenas durante a época de acasalamento, que é entre meados de setembro e outubro.

Ele só canta bem 15 ou 20 dias por ano nesta ocasião.

Comportamento do uirapuru laranja 

O uirapuru laranja é uma ave irrequieto, locomove-se rapidamente em meio à folhagem ou mesmo no solo.

Além disso, ele pode aparecer em casais ou junto com pássaros de outras espécies.

No entanto há uma lenda que diz que o uirapuru laranja atrai bandos de aves com seu belo canto, a verdade é que ele apenas integra bandos em busca de comida.

Fotos do uirapuru laranja

Uirapuru Reprodução
Uirapuru
ninho de uirapuru laranja
ninho de uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja
uirapuru laranja

Canto do uirapuru laranja

https://www.passaro.org/wp-content/uploads/2019/01/canto-do-uirapuru-laranja.mp3?_=1

Lendas do uirapuru laranja

Um pássaro com um canto perfeito é atingido por uma flecha de uma garota apaixonada e se transforma em um lindo guerreiro.

Cheio de inveja, um bruxo malvado toca uma linda canção em sua flauta encantada e faz o menino desaparecer.

A partir de então, restava apenas a voz maravilhosa do guerreiro na floresta.

É raro ver o Verdadeiro Uirapuru, mas seu canto muitas vezes pode ser ouvido na floresta.

Havia uma tribo indígena onde duas lindas índias faziam amor com o cacique.

Sem saber qual escolher, o cacique prometeu casar com a que melhor mirasse, então propôs um desafio: o índio que acertasse o alvo com a flecha seria seu amante.

A vencedora casou-se com o cacique, a outra pediu tristemente ao deus índio Tupam que a transformasse em um pássaro para que ela pudesse observá-la discretamente, e hoje se diz que o homem que conseguir uma pena terá sorte nos negócios e com as mulheres.

Se pretende ler mais artigos parecido com esse, recomendamos que veja: Poupa.

Sair da versão mobile