Aves

Andorinha: espécies, características, habitat alimentação e reprodução

andorinha

A andorinha (Hirundinidae) é uma ave passeriforme de pequenas dimensões, pertencente à família Hirundinidae.

andorinha
andorinha

Além disso, essas são aves que possuem beleza, elegância e agilidade em seu vôo e realizam longas migrações.

No entanto, são conhecidas cerca de 80 espécies de andorinhas que estão distribuídas por todos os continentes, exceto a Antártida.

No entanto, esta é a maior espécie do Brasil  possui a cauda bifurcada, que mede cerca de 20 cm e pesa aproximadamente 43g.

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave.

Espécies:

– Andorinha-morena (Alopochelidon fucata);
– Andorinha-doméstica-grande (Progne chalybea);
– Andorinha-do-campo (Progne tapera);
– Andorinha-pequena-de-casa (Pygochelidon cyanoleuca);

Características da andorinha:

caracteristicas da andorinha
caracteristicas da andorinha

Esta espécie de ave mede entre 16 e 20 centímetros de comprimento, embora quando abra as asas possa atingir cerca de 35 centímetros de comprimento.

Além disso, a andorinha possui o peso é entre 15 e 25 gramas, medidas que mostram que é um animal muito pequeno.

A coloração desta ave é azul metálico, quase preto, e brilha à distância, a característica da cor vermelha do queixo com o tom azul da cabeça é realmente atraente.

Além disso, as fêmeas não diferem muito dos machos, apenas no fato de que suas penas são mais curtas e o abdômen tem uma sombra mais pálida.

Reprodução da andorinha:

reproducao da andorinha
reproducao da andorinha

As fêmeas desta espécie fazem uma postura de 4 ou 5 ovos, que depois são incubados durante cerca de 25 dias.

Além disso, elas passa o tempo da incubação, nascem os jovens, cuja alimentação é feita por ambos os progenitores.

No entanto, quando há temperatura baixa, as andorinhas juntam-se em bando e vão à procura de locais da Europa mais quentes, indo também para o norte de África.

Entretanto, quando a temperatura volta a subir, por volta da primavera, regressam novamente.

Esses pássaros constroem as suas casas perto do calor, em pequenos ninhos normalmente colados ao teto.

Alimentação:

As andorinhas são aves insetívoras, que se alimentam de insetos que capturam durante o vôo, com o bico aberto, como se fosse um funil.

Além disso, acredita-se que cada cria de andorinha necessita de aproximadamente mil e quinhentos insetos por dia para se desenvolverem.

Habitat:

habitat da andorinha
habitat da andorinha

A andorinha é um pássaro adaptável, por isso ela mesma encontrou uma forma de viver com o ser humano, de um jeito que a interessa e que não nos atrapalha.

Além disso, ele não gosta das áreas de vasta vegetação, mas sim de campos abertos, terras agrícolas e lugares onde um rio passa ou onde exista um lago nas proximidades.

É raro ver espécimes em terrenos íngremes e pedregosos e em cidades muito urbanizadas.

Tudo parece indicar que essas aves não gostam de aglomerações, naturais ou artificiais.

Elas são migratórias e seus habitats estão centrados na Europa, África, Oriente Médio e América do Sul.

Fotos da andorinha:

andorinha
andorinha
andorinha
andorinha
andorinha
andorinha
andorinha
andorinha

Distribuição geográfica da andorinha:

A andorinha é uma ave encontrada no mundo, podendo ser encontrada na Europa, África, Ásia, Américas e norte da Austrália.

Sair da versão mobile