Pássaros Silvestres

Araponga: Características, Canto, Alimentação e Reprodução!

Araponga: Características, Canto, Alimentação e Reprodução!

Araponga e suas Características, Canto, Alimentação e Reprodução. Além disso, a Araponga é uma ave presente no Brasil, Paraguai e também na Argentina, realiza um som similar ao de um martelo numa bigorna. A Araponga pertence à família Cotingidae, género Procnias.

A Araponga é conhecida em todo o Brasil através do seu grito alto e estridente. Em demais regiões do país, a Araponga também é conhecida por guiraponga, ferreiro ou ferrador, sendo que estes dois últimos nomes vêm do seu grito, que imita com excelência o trabalho de um ferreiro, primeiramente com uma lima e a seguir com a batida estridente de um martelo sobre a bigorna. Hoje no blog Passaro.org vamos detalhar tudo sobre a Araponga, tais como Características, Canto, Alimentação e Reprodução!

Araponga Fêmea
Araponga Fêmea

Características da Araponga:

A Araponga possui a cabeça achatada, boca alargada e ampla, o bico é curto. Os machos adultos são inteiramente brancos, exceto os lados da cabeça e garganta, que são nus, de cor verde-jade onde se implantam raras cerdas pretas; bico preto e pés pardos, espessura mediana de 27 centímetros.

A fêmea adulta tem a parte superior verde-oliva, com a cabeça cinza e a parte inferior amarela com estrias amarelo-esverdeadas e cinzentas; a garganta é cinzenta onde entremeiam-se estrias negras; possui tamanho menor do que o macho. Crisso amarelo.

O filhote é similar à fêmea, com cabeça e garganta negras; substitui as penas verdes sucessivamente por cinzento-esverdeadas e brancas, as últimas em partes vermiculadas de cinzento; o macho torna-se totalmente branco com 3 anos de idade.

Tipos de Espécies:

Confira a seguir as três espécies da Araponga encontradas no Brasil:

  • Araponga (Procnias nudicollis), que é a mais encontrada, mas, não sendo, porém, comum, habitando desde matas litorâneas da Bahia e Alagoas até o Rio Grande do Sul. O macho é todo branco, com a garganta e os lados da cabeça esverdeados, e a fêmea é totalmente esverdeada.
  • Araponga-do-nordeste (Procnias averano) que vive em Roraima e no Nordeste, onde se torna cada vez mais rara por causa da derrubada das matas, seu habitat natural e, principalmente, devido ao trafico de aves. Alguns ecologistas e entidades preservacionistas estão tentando a preservação desta espécie. As asas são pretas, o peito é branco, cabeça marrom e vários apêndices carnudos que “nascem” do seu pescoço como se fossem barba, de onde vem seu nome popular de “araponga-de-barbela”.
  • Araponga-da-amazônia (Procnias alba), que habita o Amazonas na região do Rio Negro, mas pouco se sabe sobre ela. Recentemente foi encontrada em outras regiões da Amazônia, indicando que mais pesquisas poderão localizar populações desconhecidas. Por exemplo, foi localizada na Serra dos Carajás no Pará e também em Roraima.

Reprodução da Araponga:

Pode-se dizer que, no caso da Araponga, é cada ave no seu galho. Depois de eleger um para construir um ninho, o lugar vira maternidade oficial por longo tempo. O macho atrai as fêmeas pelo canto. O ninho é em formato de tigela rasa, semelhantes ao dos pombos silvestres.

Mas é a fêmea que cuida de tudo: da construção do ninho à criação dos filhotes. Em geral põe um único ovo. O período de incubação é de 23 dias. Os passarinhos deixam o ninho pela primeira vez com quase um mês de vida.

Alimentação da Araponga:

A Araponga tem uma abertura de bico bastante expressiva, e tem hábito alimentar essencialmente frugívoro (alimenta-se de frutos); desempenhando um importante papel na disseminação de sementes. Eventualmente, alimenta-se de insetos.

Araponga
Araponga Macho

Canto da Araponga:

O canto da Araponga é um estridente grito agudo e metálico ( “Tééin” ), lembrando o som de um ferreiro batendo o martelo em uma bigorna. Geralmente uma nota é cantada a cada 10 segundos, mas pode “engatar” uma sequência de dezenas de notas por vários segundos.Seu canto é muito potente, podendo ser ouvido por centenas de metros. Comunica-se com outras da espécie de um morro para o outro sem problemas.

Caso você queira fazer o download do canto, basta clicar AQUI. Espero que tenha gostado do canto!

Como Diferenciar a Araponga Fêmea do Macho:

O Araponga trata-se de um ave com dimorfismo sexual, isto é, o macho é diferente da fêmea. Quando adulto, o macho apresenta penas brancas e a cabeça de coloração negra. A fêmea, além de menor que o macho, possui penas com cor verde-oliva no dorso; penas de coloração cinza na cabeça e penas com tons de amarelo, cinza e preto na região ventral.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar