Aves

Corruíra: características, hábitos, alimentação, canto e reprodução

Corruíra

A corruira (Troglodytes aedon) é uma ave passeriforme da família Troglodytidae conhecido como correte, maria-judia (Pará), currila, cambaxirra e garrincha.

corruíra-habitat
corruíra-habitat

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave e origem.

Além disso, esta ave é quase inconfundível, ao menos em ambientes alterados pelo homem, pois as outras espécies brasileiras são típicas de ambientes florestais ou restritas a habitats muito específicos.

Ela pode ser encontrada em todos os habitats abertos e semi-abertos, aparecendo rapidamente em clareiras abertas em regiões florestadas.

Contudo também os arredores de casas e jardins, inclusive no centro de cidades, e ocupa ilhas na costa marítima, cerrados, a caatinga, borda de matas e margens de banhados.

Características do corruíra

corruíra
corruíra

A Corruira é uma ave de 11 a 13 cm de comprimento e pesa cerca de 11 g.

É uma grande cantora e seu canto trinado, alegre e melodioso é ouvido principalmente no início da manhã.

Ao se mover sobre prédios ou vegetação, emite um crét crét contínuo, rouco e silencioso, e muito pequeno, pode ser escondido na palma da mão.

É relacionado ao famoso Uirapuru, que é considerada por muitos a ave brasileira com o canto mais bonito.

Reprodução do corruíra

Corruíra-1
Corruíra

Corruíra-1Nidifica em todos os tipos de cavidades, o que também deu origem ao nome do gênero Troglodytes, que significa cavernícola.

Os comportamentos mais notáveis ​​relacionados a essa espécie certamente estão relacionados à sua reprodução, pois a coruja é capaz de para construir seus ninhos nos lugares mais improváveis.

A lista de relatos de ninhos construídos em condições inusitadas é longa, incluindo telefones públicos, tratores, caixas de música, instalações elétricas, etc.

E é uma das aves que aproveitam os ninhos artificiais que o homem proporciona, principalmente caixas com pequenas entradas.

Os ninhos são constituídos principalmente por gravetos entrelaçados medindo no máximo 18 centímetros e no mínimo 1,7 centímetros.

Têm folhas, raízes, sementes e vários materiais industriais como pregos, metais, papel, plástico e tecido.

Onde e os ovos são postos no ninho, as penas de outras aves são cobertas, pêlos, provavelmente gado, porco e cavalo, e uma grande quantidade de cabelo humano.

Ovos, 3 a 6, vermelho claro densamente mosqueado com vermelho escuro, com manchas cinza claro, eclodem em cerca de duas semanas e os filhotes demoram quase o dobro.

Hora de deixar o ninho, os pais se revezam cuidando dos filhotes.

Hábitos

As corruira podem destruir os ovos de outras espécies de aves sem sequer comê-los. Esse comportamento pode estar relacionado à eliminação de competidores de outras espécies.

No entanto, há vários relatos desse comportamento para a espécie americana, e para a brasileira há descrição de predação em ovos de sabiá do barranco.

Além disso, vive sozinho ou em pares; Machos e fêmeas cantam em dueto, é encontrado em bordas de matas, savanas, caatingas, áreas alagadas, campos e espaços verdes urbanos próximos a prédios residenciais.

Canto da corruira 

https://www.passaro.org/wp-content/uploads/2018/11/Canto-da-CORRUÍRA.mp3?_=1

Alimentação do corruíra

corruira
corruira

A corruíra se alimenta de insetos pequenos (besouros, cigarrinhas, formigas, lagartas, vespinhas) e pequenas aranhas, e às vezes até filhotes de lagartixa.

Captura as presas enfiando o bico em frestas e cavidades, tanto em construções humanas quanto sob a casca de plantas.

Por alimentar-se de pequenos insetos que procura entre a folhagem baixa e em todo lugar escondido nos cantos dos jardins.

Sair da versão mobile