Aves

Ema: espécies, características, alimentação, reprodução e predadores

Ema-1

ema (Rhea americana) é uma ave de grande porte da família Rheidae esta é a única aves ratitas que não voam e apareceu pela primeira vez no Paleoceno.

Ema
Ema

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave e origem.

Esta ave brasileira desenvolve a maior velocidade nas corridas, cerca de 60km/h.

No mundo, só perde para o avestruz que alcança os 80km/h.

Espécies de ema

Além disso, no Brasil ocorrem três subespécies da ema.

– Ema (Rhea americana) esta ave esta quase extinta ela habita os cerrados e a caatinga; a redução da população desta subespécie foi agravada pela fome generalizada no Nordeste brasileiro, onde foi caçada pelo homem para alimentação.

– Rhea americana intermedia:  esta espécie de ema é um pouco maior que as outras e com maior população atual.

Ela ocorre nos Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e está praticamente extinta no Rio Grande do Sul.

– Rhea americana albescens: esta espécie habita o Sudoeste do Centro-Oeste brasileiro, Sul da Bolívia e Norte da Argentina.

Características da ema

Ema-habitat
Ema-habitat

A ema é uma grande ave pernalta, é uma ave que não voa semelhante ao avestruz da savana africana devido à sua falta de voo.

A propósito, acredita-se que tenham um ancestral comum, mas quando as asas não são usados ​​para voar, eles desempenham um papel importante na corrida.

Porque funcionam como uma espécie de remo, ajudando o pássaro a manter o equilíbrio e mudar de direção.

Em relação à plumagem macia e cinza; sem cauda, ​​os machos adultos têm o pescoço preto.

São dotados de boa visão e desenvolvem a maior velocidade ao correr, cerca de 60 km/h.

No mundo, é o segundo só o avestruz pode chegar a 80 km/h e é uma ave rústica que sobrevive à seca.

Por outro lado, eles não suportam longos períodos de chuva porque suas penas não são impermeáveis ​​e a umidade excessiva pode ser fatal para filhotes.

Eles crescem até 2 m de altura, pesam 36 kg e têm uma envergadura de 1,50 m.

Reprodução da ema

O macho dominante da manada afasta os rivais e reúne um harém de três a seis fêmeas, que põem seus ovos no mesmo ninho, uma cavidade rasa no solo.

A manutenção completa varia entre 20 e 30 ovos esbranquiçados, elípticos, pesando cerca de 600g.

O macho é quem incuba os ovos por cerca de 40 dias e cuida dos filhotes.

Por volta dos seis meses, os filhotes já são do tamanho de uma fêmea adulta.

Alimentação da ema

 

alimentacao da ema
alimentacao da ema

A ema é uma ave onívoras, ou seja, comem de tudo, porem preferem brotos de plantas e pequenos animais (insetos como gafanhotos e lagartas.

Pequenos vertebrados, como lagartos, rãs, e cobras pequenas.

Também comem sementes, raízes e frutas elas caminham muito em busca de seu alimento.

Canto da ema

https://www.passaro.org/wp-content/uploads/2018/11/Canto-da-Ema.mp3?_=1

Habitat

ema vive em áreas abertas como campos e cerrados da América do Sul

Eles evitam gramado aberto e vivem em áreas com pelo menos algum vegetação alto.

Durante a estação de procriação, eles ficam perto de rios, lagos, lagoas e brejos.

Predadores

Os ovos da ema são comidos pelo lagarto teiú e os filhotes pelo lobo-guará, felinos de pequeno porte e gaviões que habitam campos abertos e cerrados.

Fotos de ema

ema
ema
ema
ema
ema
ema
ema
ema
ema
ema
v
ema
ema
ema

Distribuição geográfica

A ema é encontrada no Sul do Pará, Nordeste (em direção ao Maranhão), Vale do São Francisco, Sul e Centro-Oeste do Brasil.

Nos países vizinhos é encontrada no Paraguai, Bolívia, Argentina e Uruguai.

Sair da versão mobile