Início » Aves » Pinguim-imperador: características, reprodução, alimentação, comportamento e curiosidades

Pinguim-imperador: características, reprodução, alimentação, comportamento e curiosidades

pinguim-imperador

Pinguim-imperador (Aptenodytes forsteri) é a maior ave da família Spheniscidae, os adultos podem medir até 1,22 metros de altura e pesar até 37 kg.

pinguim-imperador
pinguim-imperador

Além disso, os machos desta espécie são um dos poucos animais que passam o inverno na Antártida.

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave.

O pinguim-imperador é uma ave que não tem capacidade de voar, ele se caracteriza pela plumagem multicolorida cinza-azulado nas costas, branco no abdômen, preto na cabeça e barbatanas.

Esta espécie de pinguim apresenta também uma faixa alaranjada em torno dos ouvidos.

Características do pinguim-imperador 

caracteristicas do pinguim-imperador
caracteristicas do pinguim-imperador

pinguim-imperador adulto possui penas dorsais de cor preta, que cobrem a cabeça, a garganta, as costas, a parte dorsal das asas e a cauda.

A plumagem preta contrasta bem com o resto da plumagem, que é de cor clara.

A parte ventral das asas e do corpo é branca, tornando-se amarelo pálido na parte frontal, enquanto as manchas das orelhas são amarelo pálido.

A mandíbula superior do bico de 8 cm de comprimento é preta e a mandíbula inferior pode ser rosa, laranja ou roxa.

Nos juvenis, as orelhas e o pescoço são brancos, enquanto o bico é preto.

Reprodução do pinguim-imperador 

O padrão reprodutivo é bastante distinto, as fêmeas põem um único ovo no final do outono em maio/junho, que abandonam imediatamente para passar o inverno no mar.

O macho incuba o ovo por cerca de 65 dias, o que corresponde ao inverno antártico, para sobreviver a temperaturas de -40°C e ventos de 200 km/h, os machos se amontoam e passam a maior parte do tempo dormindo para economizar energia.

Eles nunca saem do ovo, que congelaria, e sobrevivem com base na camada de gordura que se acumulou durante o verão.

A fêmea não substitui o macho até que ele retorne na primavera,  se o filhote eclodir antes que a mãe retorne, o pinguim-imperador macho alimenta os filhotes com secreções de uma glândula especial em seu esôfago.

Alimentação

alimentacao do pinguim-imperador
alimentacao do pinguim-imperador

A alimentação do pinguim-imperador se baseia em pequenos peixes, krill e lulas, que pescam em profundidades de até 250 metros.

Curiosidades

Um ponto curioso sobre o pinguim-imperador é que ele pode ficar submerso por cerca de vinte minutos sem respirar.

Comportamento

O pinguim-imperador é um animal social em termos de comportamento de nidificação e forrageamento, pássaros que caçam juntos podem coordenar seus mergulhos e retornar à superfície.

Possui hábitos diários e noturnos, um macho adulto se move entre os locais de reprodução e alimentação no mar durante a maior parte do ano, a espécie se espalha no mar entre janeiro e março.

Predadores naturais do pinguim-imperador

predadores naturais do pinguim-imperador
predadores naturais do pinguim-imperador

Os predadores naturais do pinguim-imperador incluem a orca, foca-leopardo e tubarões.

Habitat

Este espécie de pinguim vivem no continente antártico, em colônias muito numerosas.

Por exemplo, na Ilha Coulman eles chegam a reunir-se cerca de 300.000 pinguins-imperador.

Fotos do pinguim-imperador

pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador
pinguim-imperador

 

Distribuição geográfica

O pinguim-imperador tem distribuição circumpolar na Antártida, quase exclusivamente entre as latitudes 66º e 77º S.

Quase sempre se reproduz em plataformas de gelo estáveis ​​perto da costa e até 18 km para o interior.

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.