Início » Aves » Pinguim-rei: espécies, características, reprodução, alimentação e curiosidades

Pinguim-rei: espécies, características, reprodução, alimentação e curiosidades

alimentacao do pinguim-rei

Pinguim-rei (Aptenodytes patagonicus) é uma ave sphenisciforme da família Spheniscidae, que ocorre em áreas da Antartida esta é uma espécie de ave rápido nas águas e seu bico é forte e comprido.

pinguim-rei
pinguim-rei

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre essa maravilhosa ave.

O pinguim-rei possui aproximadamente 90 cm de altura, e que pesa de 11 a 15 quilogramas.

Além disso, esta espécie habita a Antártida na zona de ventos de oeste e raramente e acidentalmente pode chegar ao sudeste do Brasil.

Eles se reúnem em colônias de centenas e milhares de indivíduos que se reproduzem em ilhas e sua época de reprodução é muito longa, durando entre 14 e 15 meses.

Subespécies

pinguim-rei possui 2 subespécies que são:

– Aptenodytes patagonicus patagonicus;
– Aptenodytes patagonicus halli.

Características do pinguim-rei 

características do pinguim-rei
características do pinguim-rei

O pinguim-rei mede de 85 a 95 centímetros e pesa de 9 a 17 quilos, sendo o macho um pouco maior que a fêmea.

É o segundo maior pinguim, superado apenas pelo pinguim imperador, a cabeça preta, asas superiores e cauda.

Já costas cinza-preto; grande mancha laranja-dourada de cada lado da região do pavilhão auricular, continuando como uma faixa na região superior do peito, onde fica mais clara.

Parte inferior branca; bases das asas pretas ou brancas; bico preto com os dois terços proximais do maxilar inferior laranja-amarelado ou rosa-avermelhado, pés pretos.

Os filhotes são uniformemente castanhos.

Reprodução do pinguim-rei 

pinguim-rei nidifica em colônias de numerosos indivíduos em ilhas subantárticas.

A fêmea põe apenas 1 ovo branco entre novembro e abril com um período de incubação de cerca de 55 dias.

Machos e fêmeas se revezam na incubação do ovo por um período de 6 a 18 dias. Os filhotes são alimentados pelos pais, que também se revezam para trazer a comida (a cada 3 a 7 dias).

Nos primeiros 30 a 40 dias, os filhotes ficam nos pés dos pais, protegidos do frio.

Após esse período, eles já desenvolveram plumagem suficiente para suportar o frio e se reúnem em viveiros, esperando a comida que seus pais trazem.

Os filhotes tornam-se independentes aos 13 a 16 meses. Após a reprodução, ele se espalha para os mares do sul.

A lealdade prevalece entre os pares de pinguins, e apenas 25 casos resultam em divórcio, devido à má reprodução.

Alimentação

alimentacao do pinguim-rei
alimentacao do pinguim-rei

pinguim-rei são aves ativos e rápidos para alcançar suas presas, o bico é robusto e comprido, adaptado a apanhar e reter crustáceos, moluscos, peixinhos, sépias e outros animais marinhos de pequeno porte, sua alimentação preferida.

Curiosidades

O pinguim rei é o segundo maior depois do pinguim imperador, ele cresce entre 80 e 90 centímetros e pode pesar entre 14 e 16 quilos quando totalmente crescido.

Os machos são ligeiramente maiores que as fêmeas, mas ambos os sexos são muito semelhantes na construção.

Ameaças do pinguim-rei 

ameacas do pinguim-rei
ameacas do pinguim-rei

Apesar disso, existem certas ameaças que podem prejudicar esta ave, mais notavelmente, as mudanças climáticas.

Embora os pinguins-rei não vivam no gelo, eles precisam de água fria para caçar e se alimentar.

Portanto, um aumento na temperatura dos oceanos pode deslocar ou eliminar suas áreas de alimentação.

Os voos humanos sobre seus territórios também causam desconforto, levando à mortalidade e à redução do sucesso reprodutivo dos pinguins.

A indústria pesqueira e os derramamentos de óleo também têm um impacto negativo sobre sua população.

Habitat

pinguim rei vive nas águas geladas dos mares subantárticos

Fotos do pinguim-rei 

pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei
pinguim rei

Distribuição geográfica

O pinguim rei é encontrado nas águas geladas dos mares do sul e ilhas circumpolares e raramente visita a costa continental da América do Sul.

Porém raramente atinge a costa brasileira entre dezembro e janeiro, especialmente do Rio Grande do Sul e Santa Catarina até o estado do Rio de Janeiro.

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.