Aves

Socó dorminhoco: características, alimentação, reprodução, canto e habitat

O socó dorminhoco (Nycticorax nycticorax) é uma ave Pelecaniforme da família Ardeidae conhecido também como garça-cinzenta, sabacu.

O socó dorminhoco (Nycticorax nycticorax) é uma ave Pelecaniforme da família Ardeidae conhecido também como garça-cinzenta, sabacu, savacu-de-coroa, sabacu-de-coroa (Bahia), taquari ou taquiri (Pará), taiaçu (algumas regiões da Amazônia).

socó dorminhoco-1
socó dorminhoco-1

Além disso, o seu nome deve-se ao fato de esta ave passar boa parte do dia dormindo, porém na verdade trata-se de uma espécie predominantemente noturna.

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre esse maravilhoso pássaro e origem.

Características do socó dorminhoco:

caracteristicas do soco dorminhoco
caracteristicas do soco dorminhoco

O socó dorminhoco apresenta o alto da cabeça e o dorso negros, asas cinzentas, olhos grandes e vermelhos, e duas ou três penas nucais brancas.

Além disso, o imaturo, que apresenta uma coloração marrom-clara malhada com tons mais escuros, pode ser confundido com o imaturo de socó-boi.

Que é maior e mais alongado, e com o de socó-boi-baio que mantém a coloração “carijó” mesmo quando adulto e apresenta bico e pescoço mais longos e finos

Esta ave mede cerca de 60 centímetros de comprimento, além disso, é interessante notar que esta espécie quando jovem apresenta uma cor amarelada nos olhos, que após adulta fica avermelhada.

Alimentação do socó dorminhoco:

alimentacao do soco dorminhoco
alimentacao do soco dorminhoco

O socó dorminhoco alimenta-se de peixes, anfíbios, crustáceos, insetos, pequenos répteis e filhotes de outras aves.

Canto do socó dorminhoco:

Habitat do socó dorminhoco:

O habitat do socó dorminhoco é em bordas de lagos, lagoas e rios, além disso, esta ave de hábito noturno e crepuscular.

habitat do soco dorminhoco
habitat do soco dorminhoco

Durante o dia repousa em galhos de grandes árvores e tem hábito de colocar o bico sobre o peito verticalmente para dormir.

Além disso, uma das garças mais cosmopolitas, nos países mais frios é migratória e forma grupos grandes, enquanto nos países tropicais é geralmente solitária.

Onde encontrar o socó dorminhoco:

socó dorminhoco
socó dorminhoco

O socó dorminhoco  pode ser encontrada quase em qualquer local onde haja água e peixes ou anfíbios, desde pequenos lagos artificiais até costões rochosos no mar.

Além disso, o seu modo de caça principal é “senta e espera”, mas também pode usar seus longos dedos para cutucar o lodo e as pedras de rios e lagos, espantando assim pequenos peixes que são capturados com precisão.

Os imaturos são mais diurnos do que os adultos, mas passam a caçar mais à noite conforme vão crescendo.

Em locais onde existem muitos pescadores, alguns socós aprenderam a pegar pequenos peixes descartados pelos pescadores.

Reprodução do socó dorminhoco:

reproducao do soco dorminhoco
reproducao do soco dorminhoco

A época de reprodução ocorre entre setembro e janeiro, ambos os sexos participam da construção do ninho, da incubação de até cinco ovos assincrônicos, de cor esverdeada ou verde-azulada, entre 21 a 24 dias, com os filhotes permanecendo entre 30 a 50 dias no ninho.

Além disso, eles se reproduzem em colônias, em ninhos construídos entre 1 e 7 metros de altura.

Por outro lado os filhotes começam a nascer em novembro, culminando o abandono da colônia em meados de janeiro.

Além disso, o principal predador da colônia é o urubu, que rouba os ovos no início da temporada e os filhotes no final.

Se pretende ler mais artigos parecido com esse, recomendamos que veja: águia marinha de steller.

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar