Araras

Arara Azul: Características, Canto, Alimentação, Reprodução e Hábitos!

Arara Azul: Características, Canto, Alimentação, Reprodução e Hábitos!

Arara Azul, hoje vamos conhecer tudo sobre a Arara Azul, Características, Canto, Alimentação, Reprodução e Hábitos. Além disso, A Arara Azul é pássaro muito lindo e raro, as araras são pássaros que geralmente são de grande porte, possuem cauda longa e um bico curvado bem forte.

Esse bico é totalmente adaptado para a alimentação, geralmente composta de sementes, frutas e nozes. Elas pertencem a família Psittacidae, e o Brasil é um dos maiores redutos destas aves, uma vez que possui exemplares de todos os gêneros.

Estas aves costumam ser encontradas em florestas tropicais. No Brasil estão presentes principalmente no Pantanal, na Floresta Amazônica e na região da Mata Atlântica. São bem sociáveis, sendo encontradas em bandos com diversos indivíduos.

Hábitos da Arara Azul
Hábitos da Arara Azul

Elas são monogâmicas, ou seja, formam casais que ficam unidos por toda a vida. No período de reprodução irão procurar ocos em árvores, barrancos e outros locais semelhantes. Lá a fêmea de arara colocará de de 2 a 3 ovos. Eles serão chocados por cerca de 35 dias, dependendo da espécie. Após o nascimento os pais ficarão responsáveis por cuidar dos filhotes, até que eles consigam sobreviver sozinhos.

As Arara Azul são animais incríveis, com penas e cores lindas, por isso sempre foi muito visada como animal de estimação. Por muitos anos o comércio ilegal acabou fazendo com que os números na natureza caíssem, mas isso está mudando. Atualmente temos diversos programas de preservação e reprodução em cativeiro, diminuindo a captura ilegal e ao mesmo tempo fornecendo os pássaros que o mercado procura.

Nome Científico

O nome científico da Arara Azul Anodorhynchus hyacinthinus do (grego) anodön = sem dente, desdentado; e rhunkos = bico; e do (latim) hyacinthina, hyacinthinus, com origem no (grego) huakinthos = do jacinto; = referente a flor azul do jacinto europeu. (Ave da cor) do jacinto com bico desdentado.

Arara Azul
Arara Azul

Características

Algumas características da Arara Azul são marcantes e as tornam fáceis de serem reconhecidas. Como o próprio nome diz, ela é uma ave de cor azul e podemos identificá-la por suas características peculiares como a plumagem e pele azul, já em torno dos seus olhos e na base do bico há uma espécie de fita de tom amarelado, e o bico aparenta ser maior que a cabeça e a Arara Azul pode atingir até 1 metro de comprimento.

Arara Azul alimenta-se especialmente de cocos das palmeiras, o chamado licuri, elas tem um bico muito forte e são habilidosas para descascar seu alimento. A Arara Azul está pronta para reproduzir três anos após o seu nascimento e ocorre entre os meses de novembro e janeiro, época crítica e de muitos cuidados, especialmente com as que estão em cativeiro, pois, cada filhote que sobrevive representa uma esperança para a espécie.

Canto da Arara Azul

Alimentação

A ração para qualquer ave deve ser muito bem balanceada. Existe no mercado uma grande variedade de marcas e composições específicas para cada espécie. O armazenamento do alimento deve ser feito com cuidado mantendo as devidas condições de ventilação e higiene.

Arara Azul podem comer, além da ração, frutas, verduras e legumes de duas a três vezes por semana. A ração para essa espécie de ave não é uma simples mistura de semente, mas é pensada para nutrir o animal como se deve. Diante disso, é importante que o dono de uma Arara Azul busque o que é melhor. Na dúvida, é recomendado consultar um veterinário especializado.

Reprodução

No quesito reprodução, a Arara Azul também se mostra muito especializada. São monogâmicas, formando apenas um único casal que permanece junto inclusive fora da estação reprodutiva. Constroem seus ninhos em troncos ocos de grandes árvores e voltam sempre para o mesmo local de nidificação, podendo utilizar o mesmo oco de árvore por mais de uma década.

Não são capazes de cavar o tronco para montar o ninho, apenas de modificar cavidades preexistentes, por isso, após o voo do filhote, outro casal de araras pode preparar o ninho no mesmo local. A escassez de cavidades com dimensões suficientes e a competição pelas já existentes têm sido apontados como os principais fatores que restringem o crescimento populacional desses animais, além da disponibilidade de alimento e da territorialidade.

Arara Azul Reprodução
Arara Azul Reprodução

A Arara Azul está em extinção no Brasil?

Muitas pessoas têm pesquisado e investigado sobre como salvar essa linda espécie e também têm se questionado porque a Arara Azul está em extinção no Brasil, e a resposta é mais simples do que imagina. A Arara Azul é um dos animais ameaçados de extinção do Brasil devido especialmente a sua graça e beleza. Isso atrai a atenção de inúmeros contrabandistas de animais.

Segundo estudos realizados por centros de preservação no Brasil, tanto a Arara Azul grande e a ararinha-azul, enfrentam ameaça de sobrevivência em natureza por causa do comércio clandestino de animais. Outro motivo alarmante é o desmatamento, que vem acabando com o habitat natural de diversas espécies.

Os especialistas afirmam que mais de 10 mil foram capturadas para fins comerciais, por esse motivo elas acabaram entrando na lista de animais com risco de extinção.

Hábitos

Os casais são fiéis e dividem as tarefas de cuidar dos filhotes. Gostam de voar em pares ou em grupo. Nos fins de tarde, se reúnem em bandos em árvores “dormitório”.

Características da Arara Azul
Características da Arara Azul

Espaço para Criação

Arara Azul precisam de viveiros bem espaçosos, de preferência com plantas e poleiros para que possam voar e se movimentar livremente.

Distribuição Geográfica

A Arara Azul está presente sobretudo no Brasil, nos estados de Mato Grosso (Pantanal), Mato Grosso do sul, Tocantins (Cariri do Tocantins), Goiás (rio Tocantins), Minas Gerais (médio São Francisco), Bahia (alto rio Preto), sul do Piauí (Corrente) e no Maranhão, Pará (Transamazônica e leste do Estado) e Amapá (próximo ao rio Amazonas). Encontrada também na Bolívia, próximo da divisa com o Brasil e norte do Paraguai. Reportada como provável para o rio Mapori no sudeste da Colômbia (Vaupés).

O Site horta em casa agradece por poder informar e formar pessoas em conhecimento sobre as diversidades dos alimentos (frutas, legumes, etc…) e de como planta-los.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar