Aves

Garça-Vaqueira: Características, Reprodução, Alimentação e Canto!

Garça-Vaqueira: Características, Reprodução, Alimentação e Canto!

Garça-Vaqueira: Características, Reprodução, Alimentação e Canto!
Gostou do post? Avalie!

Garça-Vaqueira: Características, Alimentação e Reprodução alguns dos tópicos que vamos ver sobre o Garça-Vaqueira. Além disso, a Garça-Vaqueira (Bubulcus ibis), também conhecida como garça-carrapateira, garça-boiadeira, garça-boieira, tratoreira, cunacoi e cuapra, pertence à família Ardeida e originou-se na Europa Mediterrânea e África. Especialistas acreditam que essa ave veio para as Américas na época das migrações, em 1877.

A Garça-Vaqueira atinge cerca de 50 cm de comprimento, com sua envergadura variando de 90 a 96 cm. Pesa em torno de 350.g e pode viver até 15 anos. Possui plumagem branca quando jovem, que serve como refletor da luz solar, o que auxilia na regulação da temperatura de seu corpo. Na época reprodutiva apresenta cor alaranjada no peito, costas e no alto da cabeça.

Coloca dois ovos por período reprodutivo, que ficam incubados em torno de 25 dias. Hoje no blog Passaro.org vamos detalha tudo sobre o Garça-Vaqueira, tais como as Características, Alimentação, Ciclo de Vida e Habitat!

Garça-Vaqueira Características
Garça-Vaqueira

Características da Garça-Vaqueira:

Garça-Vaqueira tem um comprimento de 48 a 53 centímetros. Sua envergadura vai de 90 a 96 centímetros, tendo um peso de 300 a 400 gramas. Alcança uma longevidade de 15 anos. O adulto apresenta dois tipos de plumagem. Na plumagem reprodutiva, pode ser facilmente identificado pela sua coroa, peito e costas de coloração laranja pálido.

Quando em plena condição de reprodução, o bico curto torna-se laranja-avermelhado com a ponta amarela, o olho muda de amarelo para avermelhado e as pernas apresentam coloração rosada (embora inicialmente elas possam ser amarelas). Na plumagem não reprodutiva sua plumagem é completamente branca, seu bico curto é amarelo e suas pernas apresentam coloração esverdeada escura. (Vinicombe, 2014).

Alimentação da Garça-Vaqueira:

A Garça-Vaqueira se alimenta de uma vasta gama de presas, particularmente insetos, principalmente gafanhotos, grilos e moscas (adultos e larvas), e mariposas, bem como aranhas, sapos e minhocas. Em um instante raro foram observadas andando ao longo dos galhos de uma árvore chamada figueira-de-bengala em busca dos figos maduros.

A espécie é encontrada geralmente com o gado pastando e outros grandes animais pastando e captura criaturas pequenas perturbadas pelos mamíferos.

Hábitos da Garça-Vaqueira:

Procura alimento, de um modo geral, em espaços secos, campos de cultivo, podendo, no entanto, ser encontrada nas margens de lagos e pântanos. É capaz de subsistir em zonas secas, sem nenhuma água, durante um espaço de tempo relativamente longo.

Frequentemente avistada entre o gado que pasta ou atrás das máquinas agrícolas que lavram a terra.
Seu voo é com batimento lento, poderoso e regular das asas, com o pescoço retraído e as patas projetadas. Ativa e de grande mobilidade. Voa em bandos pouco ordenados.

Garça-Vaqueira Alimentação
Garça-Vaqueira

Reprodução da Garça-Vaqueira:

A reprodução da Garça Vaqueira se dá em grandes colônias, variando de dezenas a milhares de indivíduos. Lá as fêmeas de garça-vaqueirarão fazer a postura de 3 a 5 ovos que serão incubados pelo casal por um período de 22 a 26 dias. Os pais fazem a construção do ninho em conjunto.

A fêmea ficará por conta de construir o ninho, enquanto o macho sai em busca do material utilizado. Os filhotes de Garça Vaqueira começam a sair dos ninhos quando completam 30 dias de vida.

Distribuição da Garça-Vaqueira:

Originária do Velho Mundo (África, Espanha, etc.). Acredita-se que começou a invadir as Américas através das migrações em 1877. Hoje é encontrada em toda a América do Sul, Antilhas, Flórida, Canadá, Austrália e na África. Se pretende ler mais artigos parecido com esse, recomendamos que veja: Tico tico rei cinza.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar