Aves

Marrecão: origem, características, reprodução, alimentação, curiosidades e habitat

O Marrecão (Spatula querquedula) é uma espécie de pato de pequena dimensão, que faz parte da família dos Anatídeo.

Marrecão (Spatula querquedula) é uma espécie de pato de pequena dimensão, que faz parte da família dos Anatídeo, é conhecida popularmente de paturi, marrecão, siriri, marreca-viúva, chega-e-vira, marreca-piadeira e marreca-viuvinha.

Marrecão Características
Marrecão

Além disso, esta é uma ave bem conhecida, pois é uma das mais procuradas pelos caçadores do Sul.

Do grego “netta” que significa pato; no guarani “pepo saca” que tem dois significados: bico vermelho e bico rosado.

Portanto, significado fica sendo pato de bico vermelho ou pato de bico rosado, também servem para identificar o animal.

Hoje no blog dos pássaros vamos trazer aos nosso leitores algumas informações sobre esse maravilhoso pássaro e origem.

Origem do marrecão:

Marrecão Alimentação
Marrecão

O marrecão é uma ave que pertence à família dos Anatídeo, ou seja a mesma do pato, ganso e do cisne.

E a sua origem é no hemisfério norte, mas faz a migração para a África no período de inverno, ele também é descende do pato real e foi domesticado na China.

Características do marrecão:

caracteristicas do marrecao
caracteristicas do marrecao

marrecão é uma espécie de pato que mede 55 centímetros, ele apresenta acentuado dimorfismo sexual.

Além disso, o pato macho é preto em grande parte coloração com cinza nos flancos e branco no crisso, ele também possui um bico vermelho brilhante e também os olhos vermelhos.

Já o bico tem em sua base uma área vermelha brilhante intumescida, enquanto o resto do bico a coloração se desvanece gradualmente para um tom rosado claro em direção a ponta.

Por outro lado as fêmeas tem o bico preto e a região ao redor dos olhos brancos.

No entanto, como em muitos patos, são mais apagadas e mais marrom; o crisso também é branco contrastando com o restante da plumagem especialmente quando a ave está em voo.

Além disso, no voo pato também chama a atenção com sua coloração em grande parte escura contrastada fortemente com as primárias brancas.

Alimentação do marrecão:

alimentacao do marrecao
alimentacao do marrecao

O marrecão se alimenta de plantas submergidas e gramíneas nas margens dos lagos, mas também come invertebrados aquáticos, pequenos peixes e girinos.

Reprodução do marrecão:

No período de reprodução a marrecão fêmea constrói o ninho (como um copo profundo, algumas vezes coberto por cima, como um cesto) próximo a vegetação perto da água, forrada com poucas penas embaixo.

Além disso, o tamanho da ninhada é de quatro a seis ovos, de cor branca pura, incubados por curtos períodos pelo macho, mas principalmente pela pato fêmea durante 23 a 24 dias.

Contudo os ninhos podem ser encontrados de outubro a agosto, e possuem um longo período reprodutivo e o macho pouco auxilia no cuidado com os filhotes.

Habitat:

habitat do marrecao
habitat do marrecao

O Marrecão é encontrado em quase qualquer corpo d’água, até mesmo em lagos poluídos.

Além disso, esta espécie de pato é mais ativo ao amanhecer e anoitecer, quando o pato esta em vôo emite o piado característico.

Ele também chega a formar bandos de várias dezenas de indivíduos, principalmente durante as migrações sazonais que realiza no sul do país.

Curiosidades:

Um curiosidade interessante sobre o marrecos é que eles apresentam rápido crescimento e produção de carne de ótima qualidade.

Além disso, eles têm características muito peculiares que são aves muito rústicas, e após cinco a sete dias de vida não necessitam de instalações especiais, sendo necessário somente um local coberto para a proteção da ração.

Afinal, qual a diferença entre pato e o marrecão?

diferenca entre pato e o marrecao
diferenca entre pato e o marrecao

É simples diferenciar os patos dos marrecos isso porque o marreco não tem carúnculas (verrugas avermelhadas sobre o bico e em volta dos olhos) e suas penas da cauda são viradas para cima formando uma vírgula.

Por outro lado, já o pato tem penas lisas na cauda e postura mais horizontal.

Distribuição geográfica do marrecão:

distribuicao geografica do marrecao
distribuicao geografica do marrecao

Esta espécie de pato é encontrada nos estados do Sul do Brasil, onde inclusive se reproduz.

O marrecão parcialmente migratória quando está fora do período reprodutivo, aparentemente visitando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.

Além disso, a sua reprodução é observada desde 2005 na cidade de Curitiba, onde pequena população é fixa e acrescida de indivíduos durante o inverno.

Se pretende ler mais artigos parecido com esse, recomendamos que veja: Tuim.

Alan Costa

Sou Graduado em ornitologia pela (UFRJ) Universidade Federal do Rio de Janeiro, sou um amante da vida natural, é focado em sempre levar boas informações aos leitores.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar